Não consigo conter estas lágrimas que parecem frias e cheias de vazio.

Hoje, eu já não consigo ocultar o quanto estou triste..
e por ser fraca, deixo-me vencer por esta força suprema..
triste, que nasce nos meus olhos e morre sobre o meu coração.
Uma dor interna, que ninguém faz ideia.
São lágrimas que escorre,
lágrimas sem sal, sem sabor, sem cor..
lágrimas que eu não consigo secar.

São lágrimas, que são provocas em mim sem dó nem piedade.

Estas lágrimas de um amor que cessou...
Um amor que pareceu existir,
mas de um conto não passou.

Um amor, que hoje se transformou em dor.
Um vazio constante,
são lamentos torturantes.


9 Comentários

  1. NOSSA!!!!!!!!!!!


    ME APAIXONEEEEEEEI POR ESTE TEXTO, COMOFAZ? rsrs


    Seu blog está cada vez mais perfeito.
    Muito tempo que eu não passava por aqui.
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Nunca foi fraqueza assumir o que sente.
    Suas palavras são sinceras e cheias de simplicidade.
    Bom voltar por aqui(:

    ResponderExcluir
  3. Parabéns seu blog está muito lindo e eu achei esse texto magnifico *-* parabéns pelo trabalho.

    Beijos : http://vibepositivadf.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. nossa muito bonito o poema
    é um poema não é?rs eu não sei distinguir muito bem
    mas gostei muito parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Um amor com mania de grandeza...

    ResponderExcluir
  6. Nossa que poema lindo e meio triste =S
    Conseguiu abrir o meu coração ><
    Parabéns; vou seguir u.u

    ResponderExcluir
  7. Lindo o texto!
    Parabéns!
    http://vivendoemorbita2.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Lindo, amor triste e sofrido mas mais uma vez uma historia linda...
    Parabéns!

    ResponderExcluir